Monte da Bica - Afinal Não Arrancámos O Castelão - 2017

23,90 €  

O Conceito:

Aquilo que se previa ser o canto do cisne para este mal amado talhao do Monte da Bica. O Castelão iria dar os seus ultimos frutos antes de ser rendido por uma casta mais em voga neste Alentejo de grandes contrastes. A natureza respondeu, não com
potencia, mas com uma elegância sublime que trocou os nossos planos.

As Castas:

100% Castelão

Na Vinha:

Área de 0,3ha situadas em Lavre com 12 anos de idade. O clima Mediterrânico proporciona uma elevada amplitude térmica e os solos pobres da transição de barros para areias deste extremo do Alentejo permitem que, apesar da muito baixa produtividade, se criem condições para uma maturação de grande expressão aromática e retenção de frescura. Segunda colheita manual deste talhão, transportada em pequenas caixas de 12 KG para a adega.

Produtividade: 3000kg/Ha.

Na Adega:

Os cachos seleccionados na vinha são parcialmente desengaçados e transportados por gravidade para um pequeno lagar de cimento onde, sangrado em 30%, fermenta a temperatura controlada durante 7 dias. Após a fermentação alcoólica, segue-se a maloláctica durante uma couvesion de aproximadamente 15 dias. Após a prensa, todo o vinho segue para barricas de carvalho francês.
O Estágio:

24 meses em barricas de Tronçais.

A Análise:

12 % Vol Alcool 3.40 pH

A Produção:

570 garrafas banhadas a cera a ser lançadas em Novembro de 2019

A Nota do Enólogo:

Castelão, sinónimo de dor de cabeça para muitos e de vinho menor para outros, descobre-se neste caso como um revisitar da fonte de elegancia e osso dos grandes Alentejos de outrora. Fora das regras do estético, transporta-nos para um passado
distante com uma seriedade de grande delicadeza.

Enologia:

André Herrera

Ler mais
Quantidade

IVA incluído


Partilhar
     
×

Bem-vindo á RESERVA86!

Tem idade legal para consumir bebidas alcoólicas?

SIM NÃO